Escola, Estado e Sociedade

Barbara Freitag

ISBN - 978-85-88208-63-6 — 238 págs. — R$ 35,00

Que validade pode ter um livro escrito e reeditado no final da ditadura militar (1964-1986), vinte anos depois do seu lançamento? Qual a atualidade dos temas abordados? Qual a validade das tendências apontadas e dos diagnósticos feitos? Não se trataria de um livro "datado" cujo conteúdo estaria superado com o fim da ditadura militar? Seu quadro teórico, sua crítica ao modelo político implantado pelos militares, seu diagnóstico da realidade educacional criada pela legislação dos anos 70 para as décadas futuras, continuam tendo plena validade e subsidiam, em parte, as mudanças sugeridas na Constituição de 1988 e na nova LDB de 1995, e implementadas parcialmente nos programas de governo do Brasil redemocratizado. O leitor interessado na política educacional (e seus efeitos) do período pós-1986 não encontrará uma análise desse período. Contudo, treinado teoricamente pelo debate das mais variadas teorias da educação apresentadas na primeira parte, poderá fazer um exercício teórico, procurando aplicar os conceitos apresentados para esse novo período da política educacional que envolve basicamente o governo de FHC e de Lula.