Estudos sobre Existencialismo, Fenomenologia e Educação

Joel Martins e Maria Aparecida Viggiani Bicudo

ISBN  85-88208-73-3

112 págs. — R$ 26,50

Os procedimentos fenomenológicos podem auxiliar a compreender o fenômeno educação na sua realidade, à medida que olhamos atentivamente para as suas manifestações. Para compreender esse fenômeno, o modo de ser do ser do homem destaca-se como significativo pois sua característica é o cuidado, que é “cura”, que no discurso heideggeriano significa “pré-ocupação com”, essência da educação. Pensando assim, apresentamos um capítulo sobre O Existencialismo de Kierkegaard, outro sobre A Ontologia de Heidegger e um terceiro sobre A Filosofia da Educação Centrada no Aluno que mostra possibilidades de trabalhar-se com algumas noções, contidas naqueles capítulos, em educação. Neste último, apresentamos um estudo sobre tentativas de trabalhar com idéias do Existencialismo e da Fenomenologia em Educação, explicitando modos de a Educação ser efetuada segundo concepções existencial e fenomenológica. É importante ficar claro que a Educação Centrada no Aluno é vista por nós apenas como uma das possibilidades de fazer fluir o pensar do Existencialismo e da Fenomenologia na Educação. Mas compreendemos que as idéias dessas correntes filosóficas permanecem abertas, como imensos campos para serem estudados e viabilidade para um autêntico re-pensar o ser da Educação.