Filosofia da educação matemática

DEBATES E CONFLUÊNCIAS
ORGANIZADORAS:
MARIA QUEIROGA AMOROSO ANASTACIO
VERILDA SPERIDIÃO KLUTH

248 págs. — R$ 38,00 978-85-79280-04-7

A Educação Matemática tem seguido dois movimentos, paralelos e estreitamente articulados. Um primeiro, que guarda a herança de suas origens, visa ao diálogo permanente com outros campos do saber. O presente estudo, em particular, é um bom exemplo do diálogo com a Matemática e com a Filosofia. O segundo movimento dirige-se para o adensamento de suas questões específicas e de seus métodos de investigação. Busca, assim, estabelecer os contornos próprios da Educação Matemática como um campo de pesquisa.

Este livro cumpre o papel de convidar os educadores matemáticos a aprofundar a reflexão sobre suas práxis em particular, com o apoio da Fenomenologia e da filosofia wittgensteiniana. De forma instigante, a obra propõe uma “vigilância filosófica” para que essa práxis não caia na repetição e na superficialidade.

O leitor que percorrer suas páginas, terá a satisfação de compartilhar as significativas contribuições que seus autores e autoras trazem para o debate de quatro grandes temas: estudos filosóficos de temas significativos da educação matemática; práxis transcendidas pelo filosofar; reflexões sobre modos de pesquisa em educação matemática e síntese do grupo de trabalho de filosofia da educação matemática. 

Paulo Figueiredo Lima

Autores

Adlai Ralph Detoni
Denise Silva Vilela
Maria Aparecida Viggiani Bicudo
Maria Queiroga Amoroso Anastacio
Paulo Isamo Hiratsuka
Renata Cristina Geromel Meneghetti
Rosemeire de Fátima Batistela
Simone Leal Schwertl
Tânia Baier
Verilda Speridião Kluth