Economia Ambiental 

Instrumentos econômicos para o 

desenvolvimento sustentável

Orozimbo José de Moraes  

 

ISBN - 978-85-7928-003-0 — 224 páginas — R$ 33,00

 

Este livro se propõe a analisar os instrumentos econômicos de política ambiental, com base na microeconomia e segundo a classificação da matriz política do Banco Mundial. A evolução dos instrumentos de política econômicos é acompanhada pelas fases iniciadas com os instrumentos de comando e controle; na segunda fase, são usados instrumentos baseados no mercado dos anos 1970 e 1980 e, na terceira fase, são apresentados os instrumentos promotores de informações dos anos mais recentes. Os conceitos de desenvolvimento sustentável, bem-estar e falha de mercado são abordados preliminarmente para a análise dos instrumentos voltados para a administração de recursos e para o controle da poluição, como padrões, permissões comerciáveis, subsídios, impostos e taxas sobre a produção e sobre produtos, sistemas de depósito-reembolso e engajamento do público.

É destinado às pessoas interessadas em conhecer e selecionar os instrumentos de política econômicos para o desenvolvimento sustentável: professores e estudantes universitários, de cursos de tecnologia, planejadores e gestores de políticas econômicas e ao público em geral. Os instrumentos de política tratados neste livro são baseados nos mecanismos de mercado e ainda são pouco usados em países em desenvolvimento, como o Brasil. Porém, já são  utilizados na União Européia, nos países da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OECDE), nos Estados Unidos e em diversos países em desenvolvimento.

A economia ambiental proporciona as bases para identificar as circunstâncias e para determinar as causas da degradação ambiental. A análise econômica proporciona uma série fantástica de instrumentos baseados no mercado, para a compreensão e a interferência no comportamento humano.

A economia ambiental propicia a completa integração com a teoria e políticas econômicas. Assuntos complexos necessitam ser divididos em porções que podem ser bem administradas. Depois da compreensão dos componentes, eles poderão ser reagrupados para compor um todo mais completo. Isso é feito em Economia utilizando modelos. A economia ambiental é baseada nos modelos padrões da economia neoclássica, utilizados para investigar as relações entre a economia e o meio-ambiente.

Orozimbo José de Moraes é mestre em Economia e doutor em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, onde trabalha como professor e pesquisador.

VOLTAR

Amigo Professor. Com o objetivo de mantê-lo informado sobre nossos novos lançamentos e para que possamos enviar catálogos, convites para eventos e treinamentos, bem como participar nossas promoções, solicitamos que faça ou atualize seu cadastro.